Encontro de formação e planejamento 1 – 30/06/16

Local: Rio Criativo

Presentes: 22 pessoas – professores, diretores e estudantes de escolas municipais; integrantes de ONGs

A RECA está realizando a Formação sobre “Planejamento e gestão de práticas de rede: a potência da RECA”, com o Cássio Martinho*. Ela será dividida em dois encontros, em junho e julho.

Objetivo: Dar subsídios ao planejamento das ações da RECA-Rede Educação com Adolescentes com base na teoria das redes e suas propriedades: conectividade, horizontalidade, densidade, capacidade de propagação, contágio e escalabilidade.

Tópicos: Introdução à teoria das redes. As possibilidades de ação em rede. Dinâmicas de rede: ação concertada, propagação e ação difusa. A organização colaborativa horizontal. Mapeamento de rede do campo da educação com adolescentes.

 

*Cássio Martinho é jornalista e professor, autor do livro “Redes – uma introdução às dinâmicas da conectividade e da auto-organização” (WWF Brasil, Brasília, 2003). Atua também como consultor em gestão de redes para uma série de instituições governamentais, ONGs e entidades empresariais, como: Ministério do Meio Ambiente, Ministério do Turismo, Sebrae Nacional, WWF Brasil, Senac São Paulo, SESC-Rio de Janeiro, Sebrae Paraná, Prefeitura de Belo Horizonte, Prefeitura Municipal de Vitória (ES), Fundação Abrinq, Fundação Avina, Instituto C&A entre outros. É professor de cursos de pós-graduação em “Elaboração e Gestão de Projetos Internacionais – Ênfase em Terceiro Setor”, “Terceiro Setor – Gestão e Avaliação de Programas e Projetos Sociais”, “Gestão Social”, “Gestão Cultura” entre outros.

REGISTRO DO ENCONTRO:

Um breve resumo pra quem não pode ir:
1. Fizemos uma rodada de apresentação.
2. Cássio Martinho mostrou para nós os desenhos de várias redes, desde redes neurais de um cérebro de camundongo até redes de relação dos artistas da bossa nova e jovem guarda nos anos 60. Vimos o quanto os desenhos e arquiteturas de redes são parecidos. Compostas por unidades que se interligam e se conectam através de fluxos. Ele ficou de disponibilizar o material aqui na página.
Falou sobre a teoria dos seis graus de separação: um estudo científico que criou a teoria de que, no mundo, são necessários no máximo seis laços de amizade para que duas pessoas quaisquer estejam ligadas. E também sobre a nossa capacidade de influência que está limitada a 3 graus de separação.
Foi bem interessante. Nos demos conta do quanto temos poder mobilizador.
3. Mapeamento dos atores da RECA – Nos dividimos em grupos e listamos os nomes dos atuais integrantes da RECA – Rede Educação com Adolescentes (nomes das pessoas físicas e das instituições e organizações). Depois listamos nomes de outras instituições que gostaríamos que fizessem parte da RECA. Em seguida sinalizamos quais conexões da RECA com essas organizações precisam ser fortalecidas. Cássio ficou de sistematizar e colocar aqui na Rede.
4. Joana Milliet apresentou a plataforma da RECA que está quase ficando pronta. Todo mundo pode dar ideias para melhorar a plataforma, que ainda está em versão de teste. (www.reca.org.br)
5. Conversamos sobre vários assuntos gerais da RECA:
– Construção das propostas para melhoria da Educação com Adolescentes na cidade até no máximo 31 de julho para dar tempo de sistematizar. Cada um pode entrar no site e colocar suas propostas. Precisamos mobilizar mais adolescentes e educadores para que eles façam também.
– Definição do local do debate em setembro ainda estamos aguardando respostas da Câmara dos Vereadores e apareceram novas ideias de locais: Fundação Casa de Ruy Barbosa, ABI, ABL, Correios, BNDES, Magistrados.
– Importância de todo mundo ler o Plano Municipal de Educação e pensarmos juntos em como garantir a Educação com Adolescentes lá. (Vamos colocar o Plano Municipal aqui no nos documentos do grupo)
– Mapa da Educação – pesquisar para conhecer

20160630_093154

20160630_091114 20160630_110346
20160630_102437

20160630_102410

20160630_102320

20160630_114418